Eu amo o amor i

Eu te amo E eu só desejo Que você me queira, Pois meu amor vem de ti, E a você se deu, Como uma rosa Que foi cuidada Com muito carinho, Assim é o meu amor Por ti minha querida. Eu quero que você Não perca este amor Que é todo seu, Vem minha querida, Vem para os meus braços, Pousa agora devagar A tua cabeça No meu ombro, Pois eu quero ... O amor que sentem pelos vossos ídolos não é amor, é apenas admiração. Acho ridículo dizerem a pessoas que nunca viram na vida 'ai eu amo-o' ou criarem de perspetivas que jamais na vida irá acontecer tipo 'O Zayn vai-se casar comigo.' , é tudo mentira, eles são pagos para fazer tudo e mais alguma coisa, e agora irão aparecer ... Isso foi o que sempre sonhei para mim, e hoje essa é a minha realidade, pois agora compartilho a vida com você: o grande amor da minha vida. Eu amo você com todas as forças que tenho, e sinto muita gratidão por tudo! Só quero que fique comigo eternamente, para que juntos possamos conquistar as metas que temos no nosso horizonte. Eu te amo. Eu sou quem eu sou por sua causa. Você é todo motivo, toda esperança e todo sonho que eu já tive, e não importa o que aconteça conosco no futuro, todos os dias que estamos juntos é o maior dia da minha vida. Aprenda a tocar a cifra de É o Amor (Zezé Di Camargo e Luciano) no Cifra Club. É o Amor / Que mexe com minha cabeça / E me deixa assim / Que faz eu pensar em você / E esquecer de mim / Que faz eu esquecer / Que a vida é feita pra viver Livro: Por onde anda o amor Giulian Ola A primeira edição do livro Por onde anda o amor está na pré venda e fica disponível apenas até o dia 12 de setembro. Sinopse: Tentamos encontrar o amor muitas vezes na ilusão, na expectativa, nos contos de fadas, mas o amor real não mora nesses lugares. Por onde anda o amor é um […] É o amor Que mexe com minha cabeça E me deixa assim Que faz eu pensar em você E esquecer de mim Que faz eu esquecer Que a vida é feita pra viver. É o amor Que veio como um tiro certo No meu coração Que derrubou a base forte Da minha paixão E fez eu entender que a vida É nada sem você Se você sabe bem o que é isso e quer declarar o seu amor, selecionamos as melhores frases e mensagens para declarar o seu amor cheias de sentimento para compartilhar com aquela pessoa especial! Frases que explicam o 'eu te amo'! É bom entender que dizer eu te amo é muito forte para quem diz e para quem ouve também. Sim, eu amo o amor. Sim, eu amo amar. Sim, eu encaro toda nova pessoa como uma possibilidade infinita de finais felizes. Sim, eu me entrego com toda força. Frases de eu te amo. Demonstre todo o seu sentimento e envie uma frase para o seu grande amor. Clique e confira uma coletânea de frases de eu te amo selecionadas com carinho, especialmente para você.

Eu sou gay e namorando, mas meu namorado pode ser trans

2020.09.19 00:24 Hir4i Eu sou gay e namorando, mas meu namorado pode ser trans

Eu estou junto com ele faz alguns meses já, eu realmente amo ele... Eu realmente acho que ele é o cara da minha vida, eu amo ele mais que tudo... Mas ele vem questionado se ele pode ser trans ou não... Normalmente tudo ficaria tranquilo mas... Eu sou completamente 100% gay... Eu não sei se eu conseguiria continuar com ele... Mas isso me dói tanto... Tanto... Eu amo tanto ele mas eu simplesmente não consigo namorar uma mulher... Eu não quero que isso acabe também... Eu tô em um desespero tão gigante porque eu não quero perder ele... Ele foi a primeira pessoa que realmente me mostrou amor e agora tudo pode acabar por causa disso... Ele falou que vai ignorar esse sentimento mas eu não sei se isso vai afetar ele... Eu quero ele BEM, mas ao mesmo tempo eu não quero perder ele...
submitted by Hir4i to desabafos [link] [comments]


2020.09.18 17:16 Rafael8353 Talvez não era pra ser...

6 meses atrás eu conheci uma garota, ela é linda, inteligente, trabalhadora... Resumindo, ela é incrível. A gente começou a conversar e tudo mais, então fomos ficando cada vez mais próximos, começamos a se ver e descobri que ela é de igreja evangélica e que por causa disso ela não ficava com qualquer pessoa, ela ficava apenas se fosse para namorar. E eu concordei, afinal eu nunca tinha namorado antes, era algo que eu queria muito e nunca tive capacidade de ter em todos os meus 18 anos de vida. Então a 5 meses atrás nos começamos a namorar, foi um relacionamento complicado por causa da distância, nós somos de cidades diferentes e ainda tinha o problema da pandemia, isso ocasionou que a gente se viu apenas 1 vez durante toda a pandemia. Isso concerteza esfriou a relação para ela e tudo mais, mas como eu nunca tinha namorado ninguém antes, independente disso, eu tava feliz. E então começaram a ter as brigas, ciúmes e ainda discussões sobre a religião, eu sou católico mas não sou praticante, ou seja, não sou de ir na igreja. Já ela é evangélica e vai na igreja 4 vezes por semana. Ela disse que a gente não poderia namorar se eu não fosse na igreja com ela, eu como um bom namorado falei que iria, justamente para apoiar ela né, já que é algo que ela gosta e tudo mais. Desde que não precisasse me converter ou algo do tipo. Ela aceitou isso tranquilamente e então ficamos de boa. Mas aí ela mudou de opinião, ela disse que eu precisaria me converter se não a gente não poderia ficar junto, isso foi um baque para mim, por que eu teria que mudar totalmente as minhas crenças e tudo mais e foi um momento difícil demais para mim, foi muito difícil para mim engolir que eu precisaria mudar o que eu sou para continuar com ela. Mas eu mudei, pouco a pouco, mudei e acabei me "convertendo", mudei as minhas crenças e comecei a ir na igreja dela. Mas isso de mudar quem eu era começou a me matar por dentro, eu tinha que deixar de acreditar em coisas por que ela queria e isso me matava. Mas tudo bem, eu continuava levando isso e até mesmo mudei ela também, ela era uma pessoa muito estressada, ajudei ela a ficar mais calma e etc. A gente fazia muito bem um pro outro, eu amo ela de um jeito que eu nunca tinha amado antes, na verdade. Nunca amei antes, ela foi meu primeiro amor. Mas então começamos a ter muitas brigas, no início do relacionamento ela era muito estressada e a gente brigava muito, conforme o tempo ela foi ficando calma e eu que fui ficando estressado, chegou uma hora que as coisas começaram a ficar tóxicas, eu admito que eu mesmo fui tóxico porque no auge do meu ciúmes eu proibi ela de ir ver um amigo dela (que ela já tinha tido interesse amoroso e eles ficaram algumas vezes e fizeram algumas coisas), não sei se o que eu fiz foi certo. E do mesmo jeito ela foi tóxica querendo que eu apagasse comentários de garotas amigas minhas em minhas fotos e etc. Chegou uma hora em que a gente só machucava um ao outro, apesar de eu saber que ela me ama e eu amo ela. Não tem ninguém que me olhe do jeito que ela olha e eu acho que isso é o que mais me machuca. Por que fui eu que terminei, foram 5 meses de namoro mas eu cansei das brigas, dos ciúmes, de tudo. Saturou sabe? E eu sei que esse termino vai ser bom tanto pra mim quanto pra ela sabe, mas mesmo assim isso dói... A gente sempre tentava conversar e resolver as coisas mas não adiantava de nada, me dói ter que deixar ela. Me dói lembrar que as risadas, as conversas, os beijos, tudo isso nunca mais vai voltar. Eu não sei se fiz a escolha certa, eu só sei que isso tá me destruindo. Eu sei que ela me ama por que ela me fala e me prova isso e eu também amo ela, acho que isso é o que mais me machuca sabe? Saber que os dois se amam mas não dão certo. É, talvez não era para ser...
submitted by Rafael8353 to desabafos [link] [comments]


2020.09.18 00:35 Baron009 Foi um erro ?

Cara, tenho 17 anos de idade, estou estudando para entrar em uma boa universidade federal em um curso que eu amo e etc... mas eu acho que eu poderia ter algo mais e este algo mais é o amor ou não !. De fato, até o mês passado eu vivia pensando se algum dia eu iria encontrar alguém bacana para sla ao menos ficar, mas este tipo de pensamento estava me consumindo de uma forma muito grande (chorava todos os dias, me causava um vazio imenso e me travava de certa forma) até que chegou um dia que eu não aguentava mais sofrer por não ter ninguém em minha vida e resolvi (não sei como eu fiz) que daquele em dia em diante não iria mais me apaixonar. Gostaria de saber se na opinião de vocês eu tomei uma decisão muito precipitada (Considerando claro que eu tenho 17 anos e tenho muito a viver) ou foi uma boa decisão ?
submitted by Baron009 to desabafos [link] [comments]


2020.09.17 06:24 Rotarki Eu preciso de uma luz

Eu vou tentar resumir para que não fique muito grande. Eu tenho 22 anos de idade, estou no último ano da faculdade, faço curso na área de tecnologia da informação e estou bastante perdido na minha vida. Eu perdi a vontade de lutar por mim, ao mesmo tempo, eu não quero desistir da minha vida.
Eu formei no ensino fundamental, médio e curso técnico sem tirar uma nota abaixo da média, eu nunca fiquei de recuperação ou reprovei em absolutamente nada, tudo sempre foi muito fácil pra mim, eu simplesmente ia e dava certo, sem me importar com qualquer coisa que pudesse ser um obstáculo. Eu era extremamente cheio de vontade e queria ser alguém 'grandioso', mas o único motivo para isso era a capacidade de construção de uma família feliz, queria ter uma esposa e 2 filhos, e ser para eles um herói, esse era meu sonho de criança. Minha motivação esteve por muito tempo arraigada à ideia de estar ao lado de um amor, e construir uma vida assim... Mas, ao longo da minha vida eu fui me decepcionando muitas vezes, e nunca confiei muito em ninguém, nem em amigos que eu amo, porque penso que estes mesmos podem me deixar um dia. Nunca namorei de verdade, e a garota da qual eu cheguei mais perto disso, que eu mais confiei em toda minha vida e me abri de todas as formas, me abandonou no fim e foi extremamente doloroso, eu me senti substituído e inválido, fraco. A vida perdeu o sentido, e eu me senti um homem impotente comigo mesmo, desprezível até, inferior.
Claro, depois de um tempo eu percebi que o erro era em sua maior parte da garota em questão, e eu também errei em interpretar o quão especial ela era pra mim, eu superei esse relacionamento mas não voltei a ver cor na vida, aquilo era tinha sido o rompimento do último fio que mantinha minha vontade no mundo. O mundo é repleto de pessoas podres, crueldade e decepções de todas as espécies, eu sei que há, entretanto, no meio de todo o caos algumas centelhas de luz, e é justamente o que eu preciso nesse instante, um pequeno milagre, que claro, pequenino aos olhos alheios, pois para mim seria possivelmente o maior que vivi após o meu nascimento. Eu entrei na faculdade já deturpado mentalmente, não era mais obrigado a ficar na sala de aula portanto eu matava muitas aulas, eu não me importava com absolutamente nada, nem com resultados de provas, trabalhos, notas ruins...(Não foi quando houve o rompimento da relação com a garota, eu já entrei na faculdade meio desanimado da vida, o rompimento do relacionamento com a garota foi no começo de 2020, meu último ano da faculdade) Por mais inteligente que eu pudesse ser, não havia como adivinhar o conteúdo da prova sem nem ter feito absolutamente nenhuma aula anterior a mesma, então eu afundava absurdamente em tudo, foi assim durante todos os anos da faculdade, mas eu conseguia ser aprovado ainda assim, porque meu esforço mínimo já gera grandes resultados, costumeiramente.
Chegamos ao problema: Eu não consigo mais me esforçar nem minimamente, eu perdi totalmente o interesse no mundo. Após o problema do último relacionamento, eu fiz um pequeno plano de curto prazo do qual, surpreendentemente, tudo aconteceu, o último estágio do plano era sair do meu emprego e focar em estudar programação, porque é o que está relacionado ao meu curso e onde tenho maiores possibilidades de ganho. Eu me encontro na fase aonde eu posso simplesmente me esforçar e estudar, mas não tenho vontade, eu não consigo ir adiante nisso porque não tenho desejo disso, e não consigo ter motivação e nem o mais importante, disciplina. Pra quê me esforçar? Pelo quê lutar? Eu não amo nada, não consigo amar nada, e não tenho ambição ou cobiça de construir mais nada, eu não sei nem se ainda quero realizar aquele meu grande sonho de ter uma família, eu me decepcionei demais vivendo. Eu sinto que já vivi tudo, já senti como é ter muito dinheiro, como é ter relações sexuais, como é amar e como é ser desprezado, eu nunca me senti verdadeiramente amado por uma garota, mas isso nem mesmo é o foco principal. Eu conseguiria seguir adiante, sabe? Eu sei que se eu sentisse verdadeiramente vontade, eu dobraria o mundo de joelhos pois eu realmente me esforçaria em prol de algo. Acontece que se foi toda a minha vontade de lutar, eu tô cansado. Eu não tiro minha vida porque não quero desistir, eu não quero assumir que eu perdi, eu sei e acredito que enquanto houver vida há esperança, mas... Como pode haver esperança para alguém que não quer mais lutar? Eu não consigo simplesmente abrir um vídeo no youtube de 20 minutos pra estudar, eu tenho desejo de fazer qualquer outra coisa. Antes que pense algo como 'Você só não gosta tanto assim de programação' bem, eu gostaria de gostar de alguma coisa, mas não há nada que eu ame na vida, não há nada que me dê verdadeiramente prazer e que eu queira, eu tenho apenas existido. Pelo menos acho interessante programação.
Eu juntei um dinheiro, consigo me manter por 11 meses sem depender de nenhuma ajuda financeira, eu realmente planejei para que eu pudesse viver esse momento e me dedicar 100% ao estudo de programação, mas eu não consigo me dedicar nem 1%. O tempo tá passando, e eu já tô nessa tem alguns meses, eu tenho vários trabalhos atrasados na faculdade que eu não tenho vontade de resolver, inclusive o meu TCC. Eu sinto que isso tudo é uma bomba relógio até dar um grande problema, mas eu não sinto medo, e as duas razões pra isso são: 1- Eu não me importo 2- Eu sei que se eu me importasse, eu resolveria qualquer coisa.Eu já cogitei que tudo isso pudesse ser uma grande auto-sabotagem, e que eu construí durante 4 anos uma arma pra me destruir, porque no fundo eu me odeio, mas não sei se isso era mesmo a resposta, considerei várias vezes tê-la encontrado, falhei em todas. Esse é o grande abismo da minha vida, infelizmente, cedo demais eu encontrei ele. Eu penso que se eu superar essa necessidade do desejo para lutar, não existirá nunca mais algo que seja um obstáculo pra mim, eu, ironicamente, sou meu maior obstáculo. Como vencer à mim mesmo? Eu não sei se alguém poderá realmente me entender e me dar alguma pista de como sair desse labirinto mental que eu vivo, mas eu preciso tentar pelo menos esse pouco aqui, porque eu sou teimoso demais pra desistir totalmente de mim.
submitted by Rotarki to desabafos [link] [comments]


2020.09.17 06:23 Rotarki Preciso de uma luz.

Eu vou tentar resumir para que não fique muito grande. Eu tenho 22 anos de idade, estou no último ano da faculdade, faço curso na área de tecnologia da informação e estou bastante perdido na minha vida. Eu perdi a vontade de lutar por mim, ao mesmo tempo, eu não quero desistir da minha vida.
Eu formei no ensino fundamental, médio e curso técnico sem tirar uma nota abaixo da média, eu nunca fiquei de recuperação ou reprovei em absolutamente nada, tudo sempre foi muito fácil pra mim, eu simplesmente ia e dava certo, sem me importar com qualquer coisa que pudesse ser um obstáculo. Eu era extremamente cheio de vontade e queria ser alguém 'grandioso', mas o único motivo para isso era a capacidade de construção de uma família feliz, queria ter uma esposa e 2 filhos, e ser para eles um herói, esse era meu sonho de criança. Minha motivação esteve por muito tempo arraigada à ideia de estar ao lado de um amor, e construir uma vida assim... Mas, ao longo da minha vida eu fui me decepcionando muitas vezes, e nunca confiei muito em ninguém, nem em amigos que eu amo, porque penso que estes mesmos podem me deixar um dia. Nunca namorei de verdade, e a garota da qual eu cheguei mais perto disso, que eu mais confiei em toda minha vida e me abri de todas as formas, me abandonou no fim e foi extremamente doloroso, eu me senti substituído e inválido, fraco. A vida perdeu o sentido, e eu me senti um homem impotente comigo mesmo, desprezível até, inferior.
Claro, depois de um tempo eu percebi que o erro era em sua maior parte da garota em questão, e eu também errei em interpretar o quão especial ela era pra mim, eu superei esse relacionamento mas não voltei a ver cor na vida, aquilo era tinha sido o rompimento do último fio que mantinha minha vontade no mundo. O mundo é repleto de pessoas podres, crueldade e decepções de todas as espécies, eu sei que há, entretanto, no meio de todo o caos algumas centelhas de luz, e é justamente o que eu preciso nesse instante, um pequeno milagre, que claro, pequenino aos olhos alheios, pois para mim seria possivelmente o maior que vivi após o meu nascimento. Eu entrei na faculdade já deturpado mentalmente, não era mais obrigado a ficar na sala de aula portanto eu matava muitas aulas, eu não me importava com absolutamente nada, nem com resultados de provas, trabalhos, notas ruins...(Não foi quando houve o rompimento da relação com a garota, eu já entrei na faculdade meio desanimado da vida, o rompimento do relacionamento com a garota foi no começo de 2020, meu último ano da faculdade) Por mais inteligente que eu pudesse ser, não havia como adivinhar o conteúdo da prova sem nem ter feito absolutamente nenhuma aula anterior a mesma, então eu afundava absurdamente em tudo, foi assim durante todos os anos da faculdade, mas eu conseguia ser aprovado ainda assim, porque meu esforço mínimo já gera grandes resultados, costumeiramente.
Chegamos ao problema: Eu não consigo mais me esforçar nem minimamente, eu perdi totalmente o interesse no mundo. Após o problema do último relacionamento, eu fiz um pequeno plano de curto prazo do qual, surpreendentemente, tudo aconteceu, o último estágio do plano era sair do meu emprego e focar em estudar programação, porque é o que está relacionado ao meu curso e onde tenho maiores possibilidades de ganho. Eu me encontro na fase aonde eu posso simplesmente me esforçar e estudar, mas não tenho vontade, eu não consigo ir adiante nisso porque não tenho desejo disso, e não consigo ter motivação e nem o mais importante, disciplina. Pra quê me esforçar? Pelo quê lutar? Eu não amo nada, não consigo amar nada, e não tenho ambição ou cobiça de construir mais nada, eu não sei nem se ainda quero realizar aquele meu grande sonho de ter uma família, eu me decepcionei demais vivendo. Eu sinto que já vivi tudo, já senti como é ter muito dinheiro, como é ter relações sexuais, como é amar e como é ser desprezado, eu nunca me senti verdadeiramente amado por uma garota, mas isso nem mesmo é o foco principal. Eu conseguiria seguir adiante, sabe? Eu sei que se eu sentisse verdadeiramente vontade, eu dobraria o mundo de joelhos pois eu realmente me esforçaria em prol de algo. Acontece que se foi toda a minha vontade de lutar, eu tô cansado. Eu não tiro minha vida porque não quero desistir, eu não quero assumir que eu perdi, eu sei e acredito que enquanto houver vida há esperança, mas... Como pode haver esperança para alguém que não quer mais lutar? Eu não consigo simplesmente abrir um vídeo no youtube de 20 minutos pra estudar, eu tenho desejo de fazer qualquer outra coisa. Antes que pense algo como 'Você só não gosta tanto assim de programação' bem, eu gostaria de gostar de alguma coisa, mas não há nada que eu ame na vida, não há nada que me dê verdadeiramente prazer e que eu queira, eu tenho apenas existido. Pelo menos acho interessante programação.
Eu juntei um dinheiro, consigo me manter por 11 meses sem depender de nenhuma ajuda financeira, eu realmente planejei para que eu pudesse viver esse momento e me dedicar 100% ao estudo de programação, mas eu não consigo me dedicar nem 1%. O tempo tá passando, e eu já tô nessa tem alguns meses, eu tenho vários trabalhos atrasados na faculdade que eu não tenho vontade de resolver, inclusive o meu TCC. Eu sinto que isso tudo é uma bomba relógio até dar um grande problema, mas eu não sinto medo, e as duas razões pra isso são: 1- Eu não me importo 2- Eu sei que se eu me importasse, eu resolveria qualquer coisa. Eu já cogitei que tudo isso pudesse ser uma grande auto-sabotagem, e que eu construí durante 4 anos uma arma pra me destruir, porque no fundo eu me odeio, mas não sei se isso era mesmo a resposta, considerei várias vezes tê-la encontrado, falhei em todas. Esse é o grande abismo da minha vida, infelizmente, cedo demais eu encontrei ele. Eu penso que se eu superar essa necessidade do desejo para lutar, não existirá nunca mais algo que seja um obstáculo pra mim, eu, ironicamente, sou meu maior obstáculo. Como vencer à mim mesmo? Eu não sei se alguém poderá realmente me entender e me dar alguma pista de como sair desse labirinto mental que eu vivo, mas eu preciso tentar pelo menos esse pouco aqui, porque eu sou teimoso demais pra desistir totalmente de mim.
submitted by Rotarki to Seasidefreedom [link] [comments]


2020.09.17 03:35 Pretend_Technician39 A mensagem que eu gostaria de enviar a alguém especial

Já dizia o poeta: "Todas as cartas de amor são ridículas. Não seriam cartas de amor se não fossem ridículas". E eu não pretendo, com esta carta, fugir à regra.
Você me conheceu no auge dos meus problemas. No desespero de não conseguir parar, na dor do luto, do vício, da depressão. Como viveu a mesma dependência, tentou me ajudar e, eu, perturbada e perdida que estava acabei por nos afastar. Por culpa minha, reconheço e assumo. Hoje entendo que o afastamento teve seu lado positivo, pois estando só pude crescer e também foi bom para você que eu me afastasse. Na realidade, ninguém me suportaria por muito tempo enquanto estava bebendo, por mais que me amasse ou quisesse o meu bem.
Meus sentimentos estavam muito confusos. As vezes parecia que os seus também. Tanto que apesar da sua raiva - pra lá de compreensível - no dia seguinte buscou saber de mim. Como fui tapada.
Passou um mês e meio. Continuamos com nossos perfis bloqueados no aplicativo uma da outra, rs. Mesmo assim, você teve generosidade e compreensão para se alegrar com minha recuperação. Isso é grandioso e reconheço em você a mulher fantástica que conheci naqueles dias difíceis. Alguém que foi capaz de me apoiar quando o mundo todo me virou a cara. Não sei o que você sente, talvez jamais tenha esta certeza. Talvez seja melhor que nunca venhamos a nos aproximar novamente. Mas o fato de saber que me ama, que se orgulha de mim, me dá uma alegria tamanha que leva a esquecer dos problemas. É como se me sentisse novamente viva. Obrigada por demonstrar seus sentimentos. Desculpe por me resguardar tanto.
Acredite, não falta vontade de responder: "Também te amo, sua linda", rs. Mas me seguro porque confesso, tenho medo. Não respondi mas continuarei dando notícias de tempos em tempos. Melhor uma doce incerteza do que o gosto amargo da decepção. Eu só queria agradecer por você ter sido - e ser - tão especial para mim. Que possamos nos recuperar juntas, ainda que distantes. Você me inspira a ser alguém melhor. O seu amor, seja qual for a natureza dele, mesmo à distância me fortalece e me faz feliz. Confesso que toda hora releio o que você escreveu e sorrio sozinha como uma tonta. E é em você que penso todas as noites antes de dormir.
Eu também te amo, sua linda. Que bom poder dizer isso, ainda que no anonimato. Meu mundo está desabando mas você me deu um motivo para sorrir. Obrigada, meu anjo.
submitted by Pretend_Technician39 to desabafos [link] [comments]


2020.09.14 00:38 DinoTailandes Sou babaca por tentar forçar um sentimento que não tenho e perceber tarde demais?

Olá Luba, gatas, editores, 5° andar, possível convidado, finados papelões, chat e turma que está a ver. Como estão? Bom, eu sou QUASE nOvO AqUi. Fiz apenas um post a um tempo atrás e meio que ele é importante para um maior entendimento dessa história. Se quiserem ver, fiquem a vontade.
Bom, tem essa moça que chamaremos de CARLS (chat, não deixem o Luba acabar com Carls. RAYNARA NÃO PASSARÁ), e nos conhecemos a uns 3 anos. Estudamos na mesma sala, somos muito amigos e desde que nos conhecemos somos amigos coloridos, até o relacionamento que tive com a Farls. Não foi nenhum problema e nem causou ciúmes nela, pois ela também tinha começado a namorar um moço nessa época.
Bom, eu amava muito a Farls. Eu não conseguia me ver sem ela no meu futuro, e planejávamos muitas coisas juntos. Sonhávamos juntos e tinhamos uma relação incrível, tanto de amizade quanto como namorados. Ela era muito importante pra mim e terminamos contra nossa vontade, por motivos de desavenças entre nossas famílias (Contei a história no meu último post).
Uns 6 meses depois desse término, eu voltei a flertar e ficar com a Carls, que já havia terminado seu relacionamento, que havia sido bem bosta, inclusive. Começamos a construir um romance e é aí que começa a parte foda da história.....
A coisa começou a ficar muito amorosa. Por exemplo, ela muitas vezes diz que me ama, e eu respondo que também a amo. Ela me chama de amor, e eu também a chamo assim. Ela é extremamente melosa e vive se declarando pra mim, dizendo inclusive que de todas as pessoas que ela já gostou, eu sou o único que ela realmente ama. Eu estava seguindo essa melosidade toda pra tentar superar o sentimento que eu tinha pela minha ex, mas percebi que não dá. As coisas têm que fluir naturalmente, e eu não sei se isso vai ser com ela.
A pouco tempo eu refleti e cheguei à conclusão de que o que eu sinto por ela não é 1/3 do que eu sentia pela minha ex, e eu me sinto culpado por isso e acho injusto com ela nutrir um sentimento irreal. Ainda não conversei com ela sobre isso, porque acho que ela vai ficar muito mal.
Eu sou babaca por isso? O que posso fazer a respeito?
submitted by DinoTailandes to TurmaFeira [link] [comments]


2020.09.13 22:39 TravsTravinho Por que as pessoas têm medo de assumir um namoro? Por que é tão difícil mergulhar no amor e aproveitar os bons momentos?

Eu (20H) conheci esse menino (19H) no Tinder faz alguns meses, acho que há uns 4 ou 5 pra ser mais exato. Ele é bem bonitinho e é o meu tipo rs, mora em uma cidade que fica meia-hora de estrada da minha. Eu me divido entre morar aqui e em outra cidade (300km de distância) onde faço faculdade, e ele faz faculdade do outro lado do Brasil. Ambos estamos de volta nas nossas cidades natais por conta da quarentena em 2020 e das aulas estarem rolando online.
Nós conversamos alguns dias sem parar por mensagem, eventualmente esquecemos um pouco, mas depois voltamos a conversar por ter dado um segundo match no Tinder, daí fui bem direto, já que nunca consigo um date nesse raio de aplicativo e resolvi chamá-lo pra sair (isso em Julho). Saímos, ele veio pra cá, e como eu tenho carro a gente começou a dar bastante rolê por aqui, e depois eu sempre levo ele de volta na cidade dele, ficamos sempre batendo papo até de madrugada no carro. Contudo, ele não pode ficar aqui em casa e nem eu posso ficar na casa dele, porque ambos estamos ficando na casa dos pais.
A maneira que achamos de ter um momento foi a de irmos para a cidade onde faço faculdade, lá eu tenho minha casa e podemos passar um tempinho mais íntimos. Acho que no nosso quarto date fomos passar uns 4 dias lá. De qualquer forma é meio caro, e pegar um avião pra cidade dele não é uma opção também, pelo menos não agora com o preço das passagens. Normalmente fazemos sexo no carro perto da casa dele, e sim, eu sei, é triste a vida do gay que não pode ter intimidade com alguém.
De qualquer forma toda semana a gente se encontra, ele não tem tanta grana e acaba que eu pago muitas coisas pra ele. Durante o mês de Agosto, entre a viagem pra minha cidade, idas e voltas da cidade dele, restaurantes e gasolina eu acabei gastando 2.100 reais!!! Eu não sou rico nem nada, eu só ganho uma boa bolsa de 1.500 reais pela faculdade, que não tenho usado pra nada esse ano (to na casa dos meus pais desde Março) e tenho um tantão desses meses todos guardado na poupança para viajar ano que vem.
Estamos muito bem até então, passamos noites e noites conversando no Discord, vendo Netflix juntos. Ele já sabe muito sobre a minha vida, sobre meus relacionamentos passados, meus amigos, minha família e eu sei sobre o dele, incluindo o péssimo passado que ele teve com um ex-namorado abusivo. Ele me diz que sempre foi um inocente apaixonado, e se jogou muito facilmente nesse relacionamento com o ex, o que gerou muitos traumas, crises de pânico, rolou traição e mais um monte de coisas bem pesadas que não quero falar aqui.
Eu sou um cara bem de boa, ele diz que eu sou um príncipe, que nunca conheceu alguém que o tratasse tão bem, que fosse tão inteligente, atencioso. Acho que parte disso é que nos meus relacionamentos passados eu aprendi a me importar muito com quem eu amo, e realmente, eu sempre faço muitos elogios pra ele, tento fazer ele se sentir seguro, e por mais que ele tenha dificuldades de acreditar que alguém realmente gosta dele, sempre gosto de afirmar como ele é importante, autossuficiente, e merece tudo de bom no mundo, que ninguém mais pode fazer com ele o que o ex fez. Eu sou o tipo de namorado que mostra o quanto gosta e se importa desde coisas pequenas, como abrir a porta do carro , até imaginar que eu me jogaria na frente de um tiro por quem eu amo, e eu o amo. Amo muito, nunca conheci alguém assim, e eu sei quando é paixão e quando é amor, sou novo, mas eu sempre fui meio precoce rs e precisei amadurecer muito cedo na vida.
Ele disse que me ama primeiro, não sei, eu aprendi a não admitir isso tão cedo, ver onde estou pisando e ver se realmente há reciprocidade. Posso tecer mil elogios mas só digo que amo quando tenho certeza. Tudo parece muito perfeito (exceto pelo dinheiro rs), mas ele não quer namorar, ele tem medo, muito medo. Medo de se entregar e fazerem de novo com ele o que ele sofreu, medo de que algum príncipe como eu resolva mudar meu jeito repentinamente e vire um monstro, usando da dependência emocional dele como arma, chantageando, traindo, etc. Medo de voltar para a cidade da faculdade dele e estar preso em um relacionamento com alguém há quase três mil quilômetros de distância, por mais que eu não veja problema em voar até lá para vê-lo. Medo da palavra “namorado”.
Sério, a gente já faz tudo que um casal de namorados faria, talvez seja meio cedo, mas ele diz que não quer ficar com outras pessoas além de mim, e eu digo o mesmo, ele diz que me ama e que não vê o dia dele sem falar comigo, que não consegue ficar longe de mim por muito tempo e já morre de saudade quando a gente se despede, ficamos conversando no carro, ouvindo música, mostrando qualquer coisa no celular um pro outro até a bateria acabar e perdermos noção do tempo. Já cheguei em casa 5h da manhã uma vez sem saber que horas eram ou por quanto tempo ficamos juntos. Ontem assistimos um filme em call pelo Discord e eu assisti ele dormir por umas duas horas enquanto eu estudava para uma prova que fiz hoje cedo, e quando ele acordou no meio da noite disse que não queria desligar, que queria dormir sentindo como se estivesse comigo, abraçando o travesseiro. Mesmo assim, ele não quer me chamar de namorado.
Mas, se o sentimento que eu sinto por ele é tão bom e puro, se nosso amor é tão saudável e cresce cada dia mais, por que precisamos nos segurar e não nos jogar no amor? Como pode uma pessoa traumatizar outra a ponto de alguém ter tanto medo de uma palavra?
submitted by TravsTravinho to desabafos [link] [comments]


2020.09.12 18:48 samurajin Se relacionar com alguém sem amar

Eu sempre ouvi que a gente deve se relacionar somente quando ama uma pessoa. Mas o amor não é algo que vem com o tempo? Eu acho uma pessoa bacana, mas não posso dizer que a amo cegamente. Penso em pedir em namoro, mas tenho medo de está errando em algum ponto. Quais são os critérios do amor?
submitted by samurajin to desabafos [link] [comments]


2020.09.12 17:23 NaomyChan Oii Luba, turma, editores, gatas e todo tipo de coisa que pode estar vendo ou lendo isso. Essa é a história de como um ex meu ficou obcecado por mim. (Essa história pareci de um nice people, mas não rola xingamento, então não sei como identificar kk)

(Vamos um pouco pro passado, inicio do ano em fevereiro) Antes de a gente começar a namorar com ele, eu conheci uma menina ( vamos chamar ela de Rainara) e queria muito fica com ela, porém ela tava namorando, mas tinha dito que se a gente se encontrasse de novo nos poderíamos ficar se eu quiser se, logico que eu aceitei, como na época esse cara o Cars era meu melhor amigo, eu contei pra ele. (Se passou, agora em Julho) Eu era muito próxima do Cars, e ele começou a gostar de mim e me pediu em namoro, eu aceitei porque achei que gostava ele, umas semanas depois, eu tava percebendo que eu tava gostando da Rainara de um jeito diferente, ai eu me toquei que eu gostava do Cars como amigo e senti a algo mais pela Rainara. Terminei o namoro com ele. (Agora vamos pra, quinta feira agora, dia 10 de setembro) Eu pedi a Rainara em namoro e ela aceitou, no dia seguinte eu coloquei que tava namorando nos status e o Cars veio encher meu saco. (Hoje dia 12 de setembro rolo o seguinte dialogo, copiei a conversa do WhastApp mesmo porque é mais fácil como ele digita palavra por palavra eu tive que da meu jeito pra n fica tão longo) [02:55, 12/09/2020] Ser Insuportável: Vc Foi Desleal A mim Se era Afim Dela Não tinha Aceitado Namorar Cmg Como dizia Me amar Amando Outra Isso Tudo So por não estou ai Olha so Fassamos assim estou disposto a esquecer tudo isso apenas volte pra mim e vamos retomar um futuro que ainda temos pela frente
[08:55, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: Vc sabe q tem como gostar de 2 pessoas ao mesmo tempo neh? No caso n é só pq você não ta aqui. Entenda EU TO NAMORANDO
[10:33, 12/09/2020] Ser Insuportável: Otimo Entt Pq Não nos 3?
[10:34, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: Pq eu n gosto mais de vc? Entenda
[10:34, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: Eu n gosto mais de vc
[10:39, 12/09/2020] Ser Insuportável: Mentira Isso E mentira E vc sabe So ta dizendo isso Pra que eu pare de insistir Mas não vou Pq eu te amo Quem ama cuida protege da carinho e nunca abandona Não faz isso cmg vey porfv volta pra mim🥺❤️ Quando nunca mais Achei Que fosse Feliz
[10:43, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: Cara
[10:43, 12/09/2020] Ser Insuportável: Deus te colocou
[10:43, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: Vai te fude
[10:43, 12/09/2020] Ser Insuportável: Na Minha
[10:43, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: Entende
[10:43, 12/09/2020] Ser Insuportável: Vida
[10:44, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: EU NÃO TE QUERO MAIS, EU NÃO GOSTO DE VOCÊ, EU NÃO TE AMO MAIS
[10:44, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: Entende
[10:44, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: EU TO FELIZ NAMORANDO UMA GAROTA INCRÍVEL
[10:44, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: Entende isso
[11:10, 12/09/2020] Ser Insuportável: Mentiraaaaaaaaaa Pohaaaaaaa Para de mentir Pra mim Vc me ama Se Não amasse não teria me dado uma oportunidade
[11:10, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: desculpa
[11:10, 12/09/2020] Ser Insuportável: E vc que não entende isso
[11:11, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: mas acho q ta confundindo as coisas
[11:11, 12/09/2020] Ser Insuportável: Não
[11:11, 12/09/2020] Ser Insuportável: Não to
[11:11, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: como eu tinha falando antes, EU CONFUNDI AMIZADE COM AMOR, EU NÃO QUERO VOCÊ MAIS, EU TO NAMORANDO COM UMA GAROTA, entende as coisas! Não se confunda, se tu acha q é mentira o trem deu ta namorando eu te mando print deu pedindo ela em namoro
[11:13, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: entende cara: eu n quero vc
[11:14, 12/09/2020] Ser Insuportável: Olha eu posso ate se apaixonar por outra pessoa o que eu acho dificl e o coração obedecer Ele so pertence a vc Não vou deixar Vc Ir Eu amo vc e so quero vc Pra mim Não me peça para entender O impossível Mas eu peço para você compreender que eu te amo e eu não quero te perder
[11:16, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: cara só supera
[11:16, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: e para de encher a porra do meu saco
[11:16, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: tu ta a quase 1 mês no meu pé
[11:17, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: já n aquento mais vc
[11:17, 12/09/2020] Ser Insuportável: Fala o que vc quizer Mas eu não vou Desistir Ja disse Não vou
[11:19, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: só para de manda msg
[11:19, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: agradeço
[11:20, 12/09/2020] Ser Insuportável: Não Vou Para Vou mandar Ate Vc Perceber Que o unico Amor Da Sua Vida Sou eu
[11:22, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: O porra, para de ser obcecado por mim! Eu n gosto de vc!!
[11:23, 12/09/2020] Ser Insuportável: Não dá sempre que eu penso em você meu coração dispara sempre que eu tô dormindo tô querendo contigo sempre quando eu não tô fazendo nada tô sempre pensando em você não dá para esquecer um grande amor
[11:23, 12/09/2020] 🏳️‍🌈♥️Eu♥️🏳️‍🌈: cara vc ta parecendo um psicopata obcecado, isso ta mt estranho e tbm fica mais estranho ainda pq vc é maior de idade, velho só para, só me deixa em paz Ai eu dei um block Minha namorada mandou mensagem pra ele falando que era pra ele parar de me incomodar, se ele quiser se amizade tava tranquilo que ela não se importava, mas que ele confundiu as coisas, etc (a mesma ladainha que eu já tinha falado) ele foi e xingo ela de todos os nomes possíveis e falou que a culpa de eu e o Cars terminamos era dela, sendo que a culpa foi minha de confundir as coisa E esse é o fim, espero que ele não me procure mais. Tenha um bom dia Sr. Leitor ^^
submitted by NaomyChan to TurmaFeira [link] [comments]


2020.09.12 06:59 Sofiateama * ALERTA, PROBLEMA DE GAROTAS DE 14 ANOS *

Bom... de onde ou começo? Eu amo um garoto que eu vou chamar de doodle aqui, ele ja chegou a gostar de mim mas depois percebeu que era só amizade, ele comecou a namorar uma garota e então eu me distanciei dele... quando ele terminou com ela eu me aproximei e ele achou muito estranho e veio me cobrar, eu disse que gostava de outro ( que na época eu estava fingindo gostar de outro pra dar uma disfarçadas). As pessoas que me shippavam com ele aos poucos pararam de shippar e meu coração foi ficando cheio de rancor, eu me distanciei denovo dele e então o doodle que suspeitava de algo ficou simplismente confuso. Nos nos conhecemos em um grupo e ele sempre ficava ativo, quando foi diagnosticado com depressão acho que deveria ficar longe de todos e saiu do grupo. Agora que ele voltou, chamei ele pra jogar mine e conversar ( o que fazíamos quase todos os dias ) e então ele começou a falar sobre uma tal de carls que era muito melhor loli do que eu (sou conhecida no grupo como loli kkk), fui perguntando e tals e então descobri que ele gostava dela (eles tão namorando agora e ele até me pediu dica de relacionamento). Fiquei brava mas tomei vergonha na cara e parei de ficar com ciuminho bobo pra ele, eu criei um textinho muito fofo, esse aqui:
"Carta aberta pra pessoa que eu amo: o que eu sinto por você é maior do que tudo, toda hora eu penso no seu sorriso e como vc é incrível, as vezes eu sinto muito ciúmes por você gostar de [email protected], porém eu entendo que não posso te ter, então quero que vc se case e seja muito feliz com [email protected], eu te amo. Vc me fez feliz e quando eu via que vc estava triste eu não só sentia sua dor como sentia que poderia fazer qualquer coisa para te fazer feliz, sinto que meu coração acelera muito toda vez que te vejo e vc é muito, muito incrível. Queria te ter e te amar pra sempre."
E postei no status falando que " se vc está vendo esse status, vc tem 5% de chance desse texto for pra vc", e a primeira pessoa que me respondeu foi quem? Óbvio que o doodle! Ele disse " nem sei quem é mas ja shippo, aliás, não sou eu nem fudend* né kkk", eu fiquei tipo: WTF, mas como eu sou troxa eu falei que não era ele e continuei a vida. Agora chegamos ao presente, o doodle joga comigo quase todo dia e ele fica insistindo pra que eu fale de quem eu gosto, MAS EU NÃO SEI O QUE FAZER! Eu devo revelar meu amor? Eu eu devo deixar quieto por ele estar namorando outra? Ou eu devo parar de falar com ele pra sempre? Pir favor me ajudem, sei que é problema de garotas de 14 anos, mas eu que tenho ansiedade fico toda hora pensando que todos a minha volta sabem disso e estão me julgando (coisa que acontece só quando eu to me sentindo culpada por algo).
Edit 1: ele viu o post e continuamos a ser amigos :3
submitted by Sofiateama to TurmaFeira [link] [comments]


2020.09.11 22:06 GhostDogg95 Friendzone

Eu e a menina nos conhecemos e começamos a conversar, ao longo de alguns meses a amizade fica muito boa, então descobrimos que tínhamos mais que um simples interesse em amizade, depois de uma longa manhã onde ela mostrava as provas de "sinais" de interesse durante os meses passados os quais eu não percebi, decidimos tentar um webnamoro(moramos a 800km um do outro, somando com a quarentena e outros fatores, era a solução). Depois de 1 mês, ela acha melhor terminarmos antes que nossa amizade, que é muito boa, acabe. Desde o começo ela sempre falou que não tinha planos para relacionamentos, eu tbm não, mas cometi o grave erro de me apaixonar por ela, mesmo sabendo que nunca ia dar certo entre nós, eu continuava sempre flertando com ela, quem sabe ela mudava de ideia e voltássemos a namorar, mas tudo em vão, a amizade apenas aumentou, fui percebendo cada vez mais que nossas diferenças eram gritantes, eu sou um pé rapado que não tem onde cair morto, ela tem vida de princesa, literalmente, condições financeiras seriam o primeiro empecilho, vida sexual seria o segundo, ela com a mente aberta e eu fechado... Hj eu percebi que ela só me vê como um amigo, talvez um melhor amigo e nada mais, me dói quando eu vejo ela falando sobre outros caras, quando ela dorme com eles, os antigos namorados e ficantes. Não sei mais o que fazer, queria me distanciar pra não me machucar mais, mas ao mesmo tempo eu amo conversar com ela. Já tentei superar ela conversando com outras mulheres mas não é a mesma coisa que com ela. Realmente cheguei num beco sem saída, não sei mais o que fazer, superar esse amor unilateral? Continuar tentando e me ferindo nessa caminhada onde já imagino o destino final? Ao mesmo tempo que me arrependo de ter conversado com ela, eu agradeço de ter ela como uma pessoa na minha vida.
submitted by GhostDogg95 to desabafos [link] [comments]


2020.09.11 09:24 Helloutrouxas Sabia que eu me incomodo?

Acontece frequentemente do meu pai me abraçar e falar eu te amo, é uma coisa linda e eu sempre respondo também. (não ligo de falar eu te amo) O que me incomoda é que sempre depois vem um "você é minha poupança" porra eu não sou sua poupança, eu sou seu filho! Se for pra chamar alguém de poupança, chama lá meu irmão que é seu preferido e obriga ele a estudar igual um condenado que é oq eu faço.
Sério incomoda muito, todo o amor parece que é somente pelo "suposto futuro", eu sei que é um tipo de brincadeira, mas toda vez parece mesmo que eu sou só um cofre, alguém que ele criou pra gerar dinheiro pra cerveja dele. Obrigado por ler só precisava falar pra alguém 🙇
submitted by Helloutrouxas to desabafos [link] [comments]


2020.09.09 02:54 ysdok Carencia, Namoro e Tristesa

Bem mais um.
Mais um desabafo aqui no Reddit
Bem eu tenho uma namorada.
E ultimamente ela vai me tratando meio de lado me deixando de lado antigamente era dependente emocional de mim e hoje em dia não acho que é mais.
Ela sempre fala sobre a gente terminar porque ela disse que é o melhor para mim ela me faz sofrer porque ela tem vários problemas psicológicos e tal. Esperei me abalando bastante esse tempo eu estou ficando bem triste, ela não me dá atenção, ela não me dá carinho eu não me dá amor. Ela sempre demora às vezes briga comigo. Eu tô ficando meio triste com isso. Eu nunca posso falar que eu tô triste para ela também, porque eu falo que eu tô triste. Ela fica brava e fala que quer terminar porque ela não tá me porque ela como se ela não tivesse satisfazendo minhas coisas, tá ligado?
Aí eu meio que estou bem triste assim, eu não posso contar com os meus pais porque ninguém não tem como eu falar essas coisas para eles e tá sendo bem difícil para mim. Eu tô bem triste. Eu não quero deixar ela de jeito nenhum. Eu sempre tive uma vontade de não sou apaixonado por ela, eu amo ela demais. Queria muito poder continuar a relação casar
inclusive desculpa por Agora. Eu Tô bem carente hoje e ela não tá tentei mostrar que eu tava carente. Ela percebeu só que não fez nada por isso.
eu tô sentindo um aperto muito forte no meu coração vontade de chorar. Eu tô bem triste. Eu não posso falar isso para ninguém. Eu não tenho amigos para que eu possa contar e falar isso.
Ainda mais eu tô tentando fazer um detox de computador videogame, eu não tô jogando nem nada não tem como eu tirar mais a minha atenção, então tá ficando tudo muito pesado é muito difícil.
Tô chorando enquanto eu escrevo essa mensagem.
Obrigado por ler se vocês puderem comentar sei lá, não precisa ser conselhos do tipo terminar e talz, só Comenta oq vcs acham sobre oq estou sentindo
submitted by ysdok to desabafos [link] [comments]


2020.09.07 07:07 Mickael_Bruno Eu só queria apagar 5 meses da minha vida.

Ano passado eu conheci a primeira garota que eu gostei de verdade, e eu tentei algo com ela, e até que consegui, mas não durou praticamente nada, de março do ano passado, até agosto do mesmo ano, foi o tempo, desde que conheci ela, até o dia que ela terminou comigo por mensagem, foi o dia que eu mais chorei na minha vida, mais do que em enterros ou qualquer outra coisa, mas até aí tudo bem, o meu "primeiro amor"(acho muito tchola falar isso mas fds) então é compreensível eu ficar mal.
O problema é que faz mais de um ano, nesse tempo eu surtei muitas vezes e perdi a conta de quantos dias eu chorei por causa dela, já me senti humilhado em algumas situações de forma que eu não desejo pra ninguém.
E oq mais me deixa puto é que foram menos de 5 meses, CINCO MESES, por causa desses 5 meses eu fiquei meses com a pior autoestima da minha vida, eu odiava ir pra escola todos os dias e ver ela, eu cheguei a pensar em reprovar de propósito só pra perder a bolsa e sair de escola, mano, eu amo aquele lugar e por causa de 5 meses, tudo que eu amava sumiu, antes de conhecer ela eu tava no melhor momento da minha vida e parecia que as coisas ia melhorar mas no final deu nisso
Hoje eu tava refletindo sobre tudo, sobre como ela ainda me afeta, mesmo depois de mais de um ano e de tudo que aconteceu, hoje minha melhor amiga, que também é amiga dela, acabou comentando sobre ela tá ficando com um mlk, ela não comentou pra ser cuzona comigo nem nada, mas isso me incomodou. E eu fiquei ainda mais incomodado por ficar incomodando.
Eu odeio não desprezar ela, eu sinto tanta raiva de não conseguir simplesmente cagar pra ela. Pqp mano, 5 meses velho, eu só queria apagar esses meses, a minha vida estaria muito melhor.
Obs: caso alguém fique curioso, tenho 17, mas quando conheci ela estava perto de fazer 16, eu sei, já não sou tão novo pra ficar uns Bang tão tchola, mas sla, é isso, se vc leu até aqui, valeu sinta-se abraçado (っ.❛ ᴗ ❛.)っ
submitted by Mickael_Bruno to desabafos [link] [comments]


2020.09.07 03:17 Gaelnight Ex namorada vem falar comigo e some em seguida; estou ficando angustiado e confuso. O que pode estar ocorrendo?

Terminei meu relacionamento com essa garota fazem uns 3 meses, e desde então não contactei ela deliberadamente nenhuma vez. Fui eu quem terminei, mas não foi por falta de interesse ou amor. O início do relacionamento foi ótimo mas nas últimas semanas e principalmente nos últimos dias do relacionamento ela passou a me tratar igual lixo, fazendo chantagem emocional, ameaçando me largar por outro, me chamando de entediante, sendo insensível e extremamente desrespeitosa (to falando de forma beeem resumida, mas eu estava entrando de cabeça em um relacionamento abusivo).
Desde que terminei, ela veio falar comigo umas 4 vezes, as duas primeiras se deram nas primeiras semanas pós término. Na primeira ela me marcou em uma musiquinha fofa chamada “eternos namorados”, depois inventou uma desculpa pra vir falar comigo via mensagem. A terceira vez foi um pouco mais ousada. Apareceu na porta de casa sem me avisar de antemão, acompanhada de um cara (que não era um ficante) e usou uma desculpa chula pra estar lá, só pra mostrar como ela estava “bem”. Fui cordial mas não dei corda na conversa, então ela foi embora.
Há cerca de duas semanas ela reapareceu denovo, toda dengosa perguntando como eu estava, mandando emoji de apaixonadinha e tal. Fui cordial novamente, mas dessa vez resolvi engrenar a conversa. Aquela doçura toda de repente sumiu e ela ficou fria mais uma vez. Eu simplesmente parei de mandar mensagem e ela também não mandou mais nada até hoje. Não entendo o que possa estar se passando na cabeça dela! Eu ainda amo ela, e quando as coisas estavam bem entre a gente, eu conseguia ver como ela me amava também. Mas não sei como proceder. Será que devo perguntar pra ela o que ela quer?
Admito que, por mais que tenha sido eu quem terminei, ainda tenho a esperança de que ela venha um dia à mim pedindo desculpas e dizendo que pensou em tudo o que eu falei pra ela a respeito de como ela havia me tratado...
O rolê é mais complexo que isso, mas se eu for dar um background completo o texto vai ficar enorme!
submitted by Gaelnight to desabafos [link] [comments]


2020.09.07 00:11 dvbia13 eu não sei o que fazer pra galera de casa entender que estamos no meio de uma pandemia

meu estado entrou na fase amarela essa semana e a maioria das pessoas estão agindo como a pandemia estivesse acabado. ok, não tenho nada a ver com a vida do coleguinha ao lado, o problema é que a minha própria família tá achando isso. não é de hoje, na verdade. no dia dos pais todo mundo se reuniu na casa da minha vó, SEM MÁSCARA, fizeram churrasco e o escambau. eu fui a única que não fui, quando minha mãe chegou de lá começou a debochar da minha cara dizendo que tava todo mundo lá e eu fui a única cuzona que não quis ir. sim, ela usou essa palavra, CUZONA.
eu continuo saindo de casa pra trabalhar, quando preciso ir no mercado ou no banco eu fico agoniada e me sentindo estranha, com um medo, sabe? e sempre quando saio do meu local de trabalho parece que a minha ansiedade aumenta, a máscara começa a me sufocar (mais) e meu coração fica acelerado. quando chego em casa essas sensações passam.
de uns tempos pra cá eu tô bem pra baixo, antes minha casa era um lugar 'seguro' pra minha ansiedade ficar branda, porém agora parece ser o pior lugar pra se passar uma quarentena em paz. tive uma crise na sexta feira, fiquei sem ânimo pra fazer nada, não queria sair da cama, não comi, não tomei banho. no sábado de manhã minha mãe veio preocupada perguntar o que tava acontecendo, eu não soube responder ela. aí ela começou: 'você precisa sair de casa, voltar a fazer exercícios, dar uma caminhada'... eu olhei pra ela com aquela cara de 'QUE JEITO?'. basicamente ela disse que eu tô assim pq quero, pq não saio.
hoje eu acordei aparentemente melhor e quando saí do quarto fui convidada pra ir no shopping com eles. eu respirei fundo, olhei pra minha mãe e disse 'gente, mas pra que que vocês vão sair sem necessidade alguma?', aí começam os risinhos, os deboches tipo 'ai você não gosta da gente, inventa outra desculpa'. enfim, saíra e eu fiquei em casa. quando voltaram agora a noite me chamaram pra ir na igreja e que depois íam comer algo fora, eu respirei fundo de novo e disse 'gente, eu não me sinto confortável saindo de casa só pq tá nessa droga de fase amarela, pelo amor de Deus'. aí já começa os ataques, falando que eu sou idiota por ficar trancafiada em casa, que eu tenho que viver, que tá todo mundo saindo e só eu que tô em casa que nem besta. mano???? sinceramente eu não sei o que fazer. ninguém enxerga que essa merda de fase amarela é puramente um ato político e que ainda estamos bem fodidos com mil mortes todo santo dia??? eu tô fazendo a minha parte pra proteger quem eu amo, principalmente meus avós, mas aqui na minha própria casa parece que é crime respeitar uma quarentena, e eu que sou a filha da puta da história. sério, eu vou enlouquecer.
submitted by dvbia13 to desabafos [link] [comments]


2020.09.06 22:23 cerisedinosaur uma mensagem que você nunca vai ler.

às vezes eu me pergunto: o que exatamente eu tô esperando? quando eu digo a mim mesma pra ter paciência ou que vale a pena aguentar a dor e todas as dúvidas qual será o prêmio pelo qual eu tanto aguardo?
será que, em algum canto do meu subconsciente, eu acredito que nós um dia vamos voltar a ser como antes? quando tudo era mágico e o mundo girava ao nosso redor ninguém podia nos parar pelo menos era o que nós achávamos
nos tornamos melhores amigos por acaso, timidamente desde aquele dia no intervalo da escola quando eu te vi escutando minha música favorita e te dei oi e depois de algumas semanas, sem nem percebermos, nós riamos juntos o dia todo por horas e horas em ligação você me contou seus segredos mais profundos e eu te contei os meus
era engraçado como você não conseguia esconder as suas bochechas vermelhas toda vez que me via ou seu sorriso bobo confesso que eu também sorria pra você
quando começamos a namorar, você me colocou no seu mais alto pedestal eu era sua rainha e você era meu porto seguro nunca fui tão feliz na vida quanto naqueles 3 meses iniciais
parecia tão real tão nítido tão óbvio que seríamos pra sempre
então por que você mudou tanto? por que você me evita agora? você usa a desculpa de que odeia escrever mensagens, por isso responde pouco mas quando eu estou com você, você escreve pros seus amigos sem problema nenhum mais do que pra mim acho que é porque você gosta deles de verdade
eu tento fingir que não percebo mas eu sei que você me liga estrategicamente quando sabe que eu tô morrendo de sono assim não precisamos conversar tanto
mas eu não posso te culpar eu te destruí demais e agora você me destrói acho que é um ciclo, não?
eu ignorei todos os sinais de que nós não éramos o certo afinal, como não poderíamos ser? nossa história se iniciou como a de um filme era tudo tangível demais pra ser mentira
mas talvez não tenha sido falso foi real definitivamente a coisa mais real que eu já senti sei que você também
mas o tempo passa e às vezes só amor não é o suficiente e me dói aceitar que talvez lá no fundo eu saiba que já não tem sentido eu esperar por você
nesse 1 ano que estamos juntos 9 meses foram um pesadelo perdi gente por sua causa fiz escolhas ruins por sua causa e você também se estragou por mim
hoje eu não me reconheço mais e é doloroso olhar pra você e não te ver
é ruim a pressão no peito que eu sinto quando te ligo e você quer fazer outra coisa ou quando eu tento conversar, mas você nunca parece interessado você não pergunta mais como eu estou ou se eu dormi bem
nem mesmo aquelas ligações aleatórias me mandando tomar água que você fazia quando nós éramos apenas amigos nada
eu sinto fisicamente que você já se foi
seus "eu te amo" e declarações não são mais o suficiente talvez o problema seja eu ou nós
eu sempre disse que morreria por você eu só não percebi que eu morri por nossa causa e agora o nosso lindo "a gente" que era eterno
não existe mais
somos só dois corpos que não se conhecem se encontrando todos os dias por rotina dizendo "eu te amo" como um pedido de desculpas ou por simples impulso
talvez eu deva tomar coragem e ir embora talvez eu deva aceitar que você parece muito mais feliz quando eu não estou por perto.
submitted by cerisedinosaur to desabafos [link] [comments]


2020.09.06 20:36 lvdovic Percebi que não entendo a ideia de amor romântico e nem o sentido de se ter um relacionamento.

Hoje eu vi um vídeo no YouTube de um criador de conteúdo e sua agora ex namorada falando como terminaram seu relacionamento da melhor maneira possível, super de boa e sem treta. Vi eles falando sobre alguns aspectos de um relacionamento daora, sobre companheirismo, sobre planos, romance, etc. Assim, eu percebi que eu simplesmente não consigo entender nada disso.
Fiz 21 ainda esse ano. Nunca namorei. Só não sou virgem porque no meu grupo de amigos todo mundo se pega e graças a deus eu não fiquei de fora. Desde a adolescência eu tenho muito problema com minha autoestima baixíssima, timidez enorme, e minha vida pessoal tá bem ruinzinha também (acho que faz uns anos isso).
Acho nunca me apaixonei de verdade. Só cheguei a gostar de umas pessoas, mas nunca nem falei o que eu sentia pra elas. Nunca nem cheguei perto de um relacionamento. Lembro que quando eu tinha uns 15/16 anos tudo o que eu queria era um namoro (sair com a pessoa, passar tempo juntos, além da vida sexual e etc), mas quanto mais o tempo passa, menos eu compreendo essas coisas. Hoje em dia não entra na minha cabeça do porquê das pessoas namorarem, de como elas conseguem passar tanto tempo juntas, de como funcionam esses sentimentos de amor romântico e companheirismo.
Sei muito bem que atualmente a última coisa que eu quero é um relacionamento, já que tenho muitos problemas internos pra resolver e não quero projetar nada em ninguém, mas mesmo sabendo que um dia eu ainda posso consertar esses traços ruins, eu não consigo conceber uma realidade onde eu não vou estar sozinho. Eu sei que boa parte desse pensamento só existe por causa da minha autoestima afundada (eu sei que é objetivamente possível achar alguém que goste de mim, mas as vezes fica difícil de acreditar em mim mesmo e que eu mereço ter alguém do meu lado), mas, como eu disse antes, conforme o tempo passa eu assimilo cada vez menos o significado de se ter um um relacionamento, de conseguir amar de maneira romântica uma pessoa (porque vejam bem, eu, por exemplo, amo meus amigos, mas sei e imagino que amar alguém de maneira romântica é completamente diferente), de ter alguém ao seu lado todos os dias, de fazer planos juntos.
Espero que um dia eu consiga passar por cima desses pensamentos. Mesmo que tudo isso seja extremamente abstrato pra mim hoje, eu imagino que deve ser muito bom esse negócio de amor. Todo mundo diz que é incrível. Es mesmo tendo a parte ruim de sofrer caso não dê certo, eu queria muito viver e entender tudo isso um dia.
(criei uma conta nova só pra desabafar isso sem correr o risco de alguém que eu conheça reconhecer meu outro username e espero do fundo do meu coração que nenhum conhecido reconheça toda essa minha descrição aí ahduabduhshdbdud)
submitted by lvdovic to desabafos [link] [comments]


2020.09.04 21:51 carlstevaux Meu erro foi te amar

Meu único erro foi te amar.
Erro?
Não foi um erro.
Amar nunca é errado.
Me permiti te amar.
Soltei a fúria do amor e sentia sua intensidade.
Uma criatura sem controle que se recusa a ser domada.
Exige ser sentida.
Eu te amei.
Eu te amo.
Ainda sinto. Forte. Sem controle.
Confuso eu tento sufocar esse sentimento.
Consigo.
Por três segundos.
Ele volta forte. Irritado. Exigindo mais.
Eu estou aprendendo a conviver com essa criatura.
Magnífica. Bela. Selvagem. Mítica!
As vezes ela machuca. Não entende onde está a outra metade.
Não está aqui.
Ela me olha no olho. Exige uma explicação.
Não tenho.
Sou só eu e ela.
Apesar da dor, não quero que ela se vá.
Sentir algo é melhor do que não sentir nada.
Talvez você apareça.
Talvez não.
Talvez essa criatura gloriosa algum dia se sinta completa, e com isso, eu também.
Talvez não.
Mas não irei me desfazer dela, tentar prende-la de novo.
Vou viver com ela. Alimentar ela. Nutrir ela.
Amar não é errado.
Amar é vida!
Amar é bom!
Amar é conforto!
Amar é tesão!
Ama é intenso!
Eu quero montar no amor e deixar ele me levar.
Não sei para onde.
Quem sabe você estará lá?
Quem sabe não...
Mas eu vou estar, cavalgando esse ser místico.
Glorioso!
Magnifico!
Pronto para amar!
Por que amar não é errado.
submitted by carlstevaux to rapidinhapoetica [link] [comments]


2020.09.04 02:39 AstronomerHopeful Olhando nos seus olhos

Olhando nos seus olhos eu te direi que não preciso namorar para ter a certeza que você é a mulher da minha vida; Sorrindo, vou te confessar que você me trás vida, alegria, felicidade... Tocando suas mãos vou sorrir e te perguntar se você aceitaria se casar comigo;
Enquanto você suspira não sabendo o que responder, eu sorrirei e te direi assim: Não posso perder um minuto da vida mais sem você. Porque agora, eu usarei muito bem minha agenda para aproveitar cada segundo ao teu lado. Se você dizer que é cedo, vou compreender. Se você disser que não, te amarei de longe, porque você merece ser feliz e não te prenderei porque quero o melhor para você.
Sofremos muito na vida, mas agora, não haverá mais espaço para dores, haverá espaço só para o nosso melhor: nós. É o que interessa. Cuidarei de você todos os dias. Você será amada de verdade, compreendida e cuidada.
Eu farei todos os dias café da manhã para vc. Quando vc estiver doente, cuidarei de vc. Quando vc estiver feliz, eu ficarei mais ainda. Dormiremos tarde acariciando um ao outro na nossa cama. Acordaremos cedo, rolando na cama e fazendo amor em plena segunda-feira.
Nossa casa será definitivamente um lar onde há amor, não um vazio sofisticado. Em cada canto deixarei para você cartas de amor. De vez em quando vc encontrará um presente escondido, comprado com muito carinho. Nas datas especiais seremos ótimos anfitriões. Amaremos nossas famílias e será uma única família. Nos sentiremos parte.
Nunca dividiremos despesas, porque seremos um. Nossas diferenças não existirão.
Nunca ficaremos velhos, podemos até ter algumas rugas muito em breve, mas te amarei do jeito que vc é com todos seus defeitos e qualidades. Teremos tempo de sobra para nos amar cada dia, cada momento e em cada segundo.
Nosso amor tem data para começar, mas não tem data de validade.
Eu te amo muito
submitted by AstronomerHopeful to desabafos [link] [comments]


2020.09.03 06:13 akage130 Assisti a um suicidio

Tava no Facebook, todo mundo falando pra n clicar na merda do link mas veio a psicologia reversa e eu cliquei. O cara perdeu a namorada, o emprego e ia perder a casa, fez live no Facebook e deu um tiro de escopeta na cabeça. Não deveria ter visto essa merda, isso me fez pensar o quão merda uma parte da realidade é, me fez lembrar da violência, do sangue, da desgraça. Ver aquilo, entretanto fez eu ter amor a minha vida, comecei a perceber o quão boa é a minha realidade, fiquei tão focado em algumas coisas, só penso na faculdade no momento, amo minha família e amigos e eles me amam, nao tenho o que reclamar, enfim só quero continuar vivendo longe da desgraça e voltar a fingir que ela não existe.
E claro, o tanto de sangue e todo o ambiente que eu vi ali foi algo real, não foi filme, estranho de mais. E pensar que há 80 anos(guerras mundiais) -e ainda hoje em alguns lugares- as pessoas presenciaram cenas desse tipo, ou até piores, o tempo todo.
submitted by akage130 to desabafos [link] [comments]


BLOG EUAMO - Blog eu amo - Blog Euamo